Contato Projeto Lar Como atuamos Necessidades Doação Parceiros Certificados Programas Eventos

Nossa História

Em 1976 uma família inicia em sua própria residência, na região de Osasco, o atendimento a crianças em situação de risco, sem moradia e sem respaldo familiar. Em 25/03/1978 foi formado o Conselho Deliberativo e criada a Instituição denominada Amparo Maternal José Benedito. Em 1994 a Instituição altera sua denominação para Lar Plantio do Amor. Em 2005, a ex-presidente, Paola Mategazza Pomelli, implantou, conforme Lei nº 7.644 de 18/12/1987, a estrutura de atendimento em Sistema Casa Lar.

Em 2012, o juíz da Vara de Infância convida Milton Takeji Nishiyama e Rosângela Soares Lima para assumir o projeto que estava em risco de ser encerrado. Na atual gestão foi construído um berçário e o atendimento passou a abranger também a faixa etária de 0 a 12 anos. Hoje o projeto segue dando assitência em média a 31 crianças e adolescentes.

Na cidade de Osasco, como em muitas cidades brasileiras, crianças vítimas de famílias totalmente desestruturadas e de baixa renda, na maioria das vezes, sofrem diversos tipos de maus tratos. Através de denuncias pela própria comunidade, as autoridades competentes comunicam e notificam ao Poder Judiciário, para avaliar cada caso e quando julgado necessário, as crianças e adolescentes são retiradas da situação de risco e abrigadas como medida de proteção.

O Sistema Casa-Lar, abriga até 12 crianças/adolescentes em unidades independentes com estrutura familiar de pai e mãe social. São eles que administram o lar e orientam crianças e adolescentes sobre a organização dos pertences pessoais, a lição de casa e os acompanham nos momentos de alimentação, recreação e oração. Eles se dedicam com exclusividade aos abrigados desde o momento que despertam até a hora em que vão descansar. Este sistema somado aos nossos esforços, trabalho e perseverança, resulta em qualidade de vida e propicia a plenitude de um lar.

Quando adentram os portões do Projeto L.A.R., as crianças e adolescentes deixam para trás o jugo da violência doméstica e ganham uma nova oportunidade: um ambiente sadio e rodeado de natureza exuberante, mas acima de tudo, um espaço adequado para seu desenvolvimento social e intelectual. No Projeto L.A.R., todos são matriculados na rede pública de ensino, e por meio de atividades culturais, esportivas e de lazer, convidados a um convívio social que vai lhes proporcionar uma vida saudável e alegre. Crianças e adolescentes são estimulados a superar traumas e desenvolver valores como respeito e cidadania, fundamentais para uma vida adulta feliz. O Projeto L.A.R. abre para cada uma delas uma porta para o futuro melhor, repleto de sonhos e conquistas.